Curta Cantinho Especial

Curta Cantinho Especial

Curta Cantinho Especial

8 de abr de 2010

BOAS MANEIRAS NA CASA DE DEUS

Casa de Deus, um lugar sagrado, tem sido alvo de muitos distúrbios; e grande parte da responsabilidade destas desordens recai sobre nós, educadores cristãos.

Muitas igrejas procuram uma alternativa para atenuar os problemas, especialmente durante os Cultos, quando todos se reúnem.

Os cristãos precisam de orientação sobre como se portar na Casa de Deus, o Rei dos reis. Somos mordomos de tudo: saúde, dinheiro, prédio, móveis, instrumentos musicais, tempo, vidas, enfim, de tudo o que Deus nos dá. Como mordomos é nosso dever cuidar bem de tudo e esta lição vai mostrar, especialmente às crianças, as Boas Maneiras Na Casa De Deus.

Esta lição sugere um versículo central e outros relacionados com cada verdade apresentada. Assim, você pode visualizar I Co 6.20, deixando-o afixado para ser lembrado em cada aula. Prepare-se em oração para ensinar esta lição e estimule seus alunos na memorização dos versículos e das Boas Maneiras.

Versículo Central: “Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo.”

I Co 6.20

Para a criança salva, explique que Deus a comprou para Ele. Tudo o que compramos tem uma finalidade, por exemplo: roupas é para vestir, comida é para comer, sabão é para limpar, etc. Deus nos comprou e nos salvou do castigo do pecado, a morte eterna, para que nós O glorificássemos. Você sabe como glorificar a Deus em seu corpo?

Nesta lição nós vamos aprender com 2 meninos como glorificar a Deus e ter BOAS MANEIRAS NA CASA DE DEUS.

O versículo central pode ser usado para a apresentação do plano da salvação para a criança não salva, para isso explique : Deus pagou o preço para comprar você, mas é preciso aceitar esse pagamento, que é a morte de Jesus Cristo na cruz.

Em I Co 15:3,4s: “Cristo morreu pelos pecados segundo as escrituras.”Os nossos pecados merecem um castigo: a Morte. E Jesus recebeu este castigo, morrendo por mim e por você. Ele pagou o preço que nós deveríamos pagar, pois somos pecadores. Pecado é tudo o que desagrada a deus; a Bíblia diz: “eu nasci na iniqüidade e em pecado me concebeu minha mãe” Sl 51:5. Desobedecer, brigar, duvidar de Deus, sentir raiva, e... são alguns exemplos de pecados; e ainda que nasceu em pecado e, por isso, é pecador como eu, também. Jesus, sendo perfeito, não merecia morrer, mas Ele fez isso para provar que Deus ama você quer perdoar o seu pecado. Jesus pode salvar você porque venceu a morte. Ele está vivo e hoje pode ser o seu salvador. Rm 6.23 diz que “O salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus.” DOM GRATUITO é presente, é de graça. Você quer receber o Senhor Jesus Como o seu único Salvador? Então abaixe a sua cabeça e fale com Jesus, assim: “Querido Jesus, eu reconheço que sou pecador e creio que o Senhor morreu na cruz para me salvar. Eu quero que o Senhor venha em minha vida e perdoe o meu pecado; quero que o Senhor seja o meu único salvador. Obrigada, amém.”

(Professor, procure verificar após a aula, a decisão feita pela criança que orou recebendo a Jesus como Salvador: para isso, providencie aconselhamento.)

A Lição

Zeca e Juca são dois meninos que freqüentam a igreja todos os domingos e até as reuniões semanais. Zeca é um menino comportado que ajuda as crianças salvas a terem um bom comportamento na casa de Deus. Juca representa as crianças que, mesmo tendo recebido a Jesus como salvador, demonstram péssimo comportamento na igreja.

Vamos usar esta figura (mostrar o rosto alegre) para representar o Zeca e esta outra(mostrar o rosto triste), quando mencionarmos o Juca. Em cada situação você vai descobrir como glorificar a Deus com o seu corpo.


Pés


Juca está apressado. Ele se atrasou para chegar à igreja, e ainda quis beber água antes de entrar na classe. Juca esta se lembrando da campanha de pontualidade e quer chegar a tempo; por isso, acaba correndo pelos corredores, pensando que é a única pessoa no prédio. Desta forma Juca quase derruba uma criança pequena e assusta os mais idosos.

Zeca já está na classe quando a campainha toca avisando que a aula vai começar. Ele procura chegara tempo de ir ao banheiro e beber água para não sair durante a aula. Zeca sabe que a escola Dominical é importante para a sua vida e por isso vem calmamente para a igreja. Zeca é um bom corredor, mas deixa sua corrida para a pista de atletismo da escola e para a hora do futebol.

Correr é bom, crianças, mas deve ser no lugar certo. Na igreja, a casa de Deus, os nossos pés devem andar silenciosamente.

Vamos aprender Ec 3:1 (Professor oriente seus alunos na leitura deste versículo: uma vez você, outra vez todos, depois só os meninos, seguidos das meninas e assim por diante).

Vamos agora descobrir como glorificar a Deus com o nosso corpo. (Incentive seus alunos a participarem dando a respostas que é: Andar na casa de Deus). Isso mesmo, descobrimos que a casa de Deus é lugar para os nossos pés andarem silenciosamente.

Juca colocou os pés no banco; acabou sujando e arranhando a madeira, estragando a pintura nova. Juca sabia que aqueles bancos eram para todos se sentarem e nunca para colocar os pés, mesmo se eles não sujassem ou arranhassem. Juca é muito descuidado e com seus pés esta destruindo ao invés de cuidar da casa de Deus.

Zeca, entretanto, é cuidadoso na casa de Deus. Ele ajuda a professora a colocaras coisa no lugar, recolhe o lixo espalhados e, durante a aula, procura se sentar direito, com os pés no chão, para não atrapalhar ninguém. Ele sabe que os móveis da igreja pertencem ao Senhor e são as pessoas (jovens, adultos e crianças) que devem ser cuidadosos com tudo. Há pessoas escaladas para tocarem os instrumentos, manejarem o som e Zeca fica só olhando o trabalho de cada um.Quando crescer e souber, ele também poderá ajudar.

Zeca fica tão atento ao programa da igreja, seja na escola Dominical ou no culto, que nem vê o tempo passar; Ele gosta de estar na casa de Deus, mas o Juca! Nunca está contente. Mexe-se no banco, sai do lugar, até parece que tem formigas incomodando seus pés.



Mãos


Juca chega atrasado para o culto e sentou-se perto de Zeca, que segurava a Bíblia aberta enquanto a leitura estava sendo feita. Juca quis saber onde estavam lendo e abriu sua Bíblia, mas onde ficava o livro de Daniel? Pensava enquanto mexia rapidamente nas folhas. Juca não achou o texto e resolveu folhear o hinário. Na verdade aqueles livros não pertenciam a Juca; eram da igreja, e como Juca sempre se esquecia de trazer os deles, pegava os que ficavam para os visitantes. Juca mexia nas folhas de um jeito que fazia “orelhas” nas páginas.

Zeca terminou de ler sua Bíblia e fechou com cuidado; ao abrir seu hinário, virou as páginas com cuidado e logo encontrou o hino anunciado. Ao seu lado, Juca continuava procurando, pois não tinha prestado atenção e confundira o número; todos cantam e Juca interrompe Zeca para saber o número do hino.

Chegou a hora do ofertório e Juca fez um barulhão com as moedas que tinha trazido; parecia que ele desejava que todos soubessem que tinha dinheiro em suas mãos.

Zeca sabia que entregar a oferta durante o culto era parte da adoração ao Senhor. Zeca reconhecia que Deus era o Senhor Todo poderoso, dono de tudo; a oferta era uma demonstração de seu amor para Deus e não uma amostra para os outros e por isso, Zeca colocava sua oferta com cuidado. Suas mãos estavam sempre prontas para glorificar ao senhor e isto envolvia ajudar aos outros na igreja, em casa, na escola, em qualquer lugar.

O nosso versículo é: “...e seja o erguer de minhas mãos como oferenda vespertina.” Sl 141:2b.


Olhos



Juca fica tão desatento na Casa de Deus que não ouve o Pastor dizer que é tempo de todos orarem. Seus olhos ficam abertos, observando as flores no vaso, a cor da camisa do Sr. Pedro, e finalmente vê que todos estão de olhos fechados. Ele sabe que isso significa oração, mas nem se importa e ainda pensa:

- Que oração mais comprida! Não acaba nunca!

Juca resolve então ver uma revistinha dentro da igreja e na hora do culto.

Zeca, entretanto, está de olhos fechados acompanhando a oração e no final diz: “Amém”, porque ele acompanha todas as palavras. Zeca sabe que orar é falar com Deus e fechar os olhos é para prestar melhor atenção no Senhor, pois Ele é Espírito, invisível.

Podemos orar em qualquer lugar, mas na igreja de um modo especial. Imagine você indo à casa de alguém e voltando para sua casa sem ter falado com aquela pessoa? Pois é assim que Juca tem feito e muitas crianças fazem.

O versículo nos diz que Deus vê tudo e ouve as nossas orações ou súplicas. Vamos abrir as nossas Bíblias em I PE 3:12 e ler atentamente. (Professor oriente seus alunos a lerem e entenderem o versículo). Vamos decorar este versículo e, quando você estiver orando e sentir vontade de abrir os olhos ou pensar em outro assunto, repita o versículo; estou certo de que você terá vitória e boas maneiras na igreja.


Ouvidos

Os ouvidos de Juca andam tão distantes! Apesar de estar na igreja ele não ouve as orações que são feitas, não presta atenção nos avisos nem no texto a ser lido; e quando um hino é anunciado, ele não ouve. Por isso, Juca sempre interrompe as pessoas que estão ao seu lado para perguntar alguma coisa. Juca não tem educado seus ouvidos para ouvirem a voz de Deus e quando o inimigo sopra alguma mentira ele acredita; por exemplo, o inimigo diz: “Você é um menino muito ocupado e precisa descansar; para que ler a Bíblia em casa, antes de dormir?” Assim, Juca não ouve a Palavra de Deus na igreja e nem em sua casa. É por isso que ele vive triste e desanimado.

Zeca gosta das orações na igreja; nem sempre ele entende as palavras que os adultos usam quando oram, mas ele sabe que Deus entende e está ouvindo. Zeca acompanha tudo na casa de Deus porque ama ao Senhor e quer conhecê-lo melhor, por isso, Zeca abre com cuidado sua Bíblia e acompanha a leitura. Ele sabe também que Deus fala com as pessoas através da Bíblia e que o inimigo quer nos enganar com suas sugestões. Em casa, Zeca separa tempo para ler a Bíblia todos os dias, pois aprendeu com a leitura em I SM 1:1-14 que Deus falou com o menino Samuel.

Crianças, a Bíblia é a palavra de Deus e quando nós a lemos com atenção Deus fala conosco.

O versículo para decorar é: “Fala, Senhor, porque o Teu servo ouve”- I SM 3:9


Boca



As Boas Maneiras que estamos aprendendo ajudam a termos um comportamento que agrada a Deus em Sua casa, mas em qualquer lugar onde se reúne o povo de Deus elas são recomendáveis.

Juca tem ouvido algumas sugestões do inimigo de Deus e infelizmente, dado atenção a elas. Satanás não gosta que agrademos ao Senhor e muitas crianças vêm à casa de Deus, mas estão desagradando ao Senhor com seu comportamento.

A boca é uma parte do corpo que muito desagrada a Deus ao invés de glorificá-lo. Com ela nós mentimos, falamos palavrão, fofoca, etc.

Juca ainda não aprendeu a controlar sua boca na Casa de Deus e fala alto quando deveria ficar calado. Na hora de cantar ele se atrapalha com o hinário e depois diz: “Não conheço este hino; não vou cantar.” Pega então uma caneta e começa a desenhar.

Zeca gosta muito de cantar, principalmente os hinos que falam sobre Deus, como “Santa, Santo, Santo, Deus onipotente”. Zeca sabe que Deus é Santo e nós pecadores. Através de Jesus Cristo podemos nos aproximar do Senhor e louvá-lo.

Com a boca Zeca pode orar em voz alta e contar de Jesus para seus coleguinhas; desta forma, ele pode glorificar Deus com seu corpo.

O que você descobriu com Juca e Zeca? Sim, que a nossa boca é parte do corpo que foi comprado para glorificar a Deus. A boca que costuma CANTAR LOUVORES A DEUS esta agradando ao Senhor O versículo é: “Bendirei ao Senhor em todo o tempo, o seu louvor está sempre nos meus lábios” Sl 34:1

Zeca quer sempre agradar a Deus, glorificando-o em seu corpo.

Ele sabe que ninguém é perfeito, todos são pecadores, mas os que receberam o Senhor Jesus como salvador lhe pertencem e o próprio Jesus dá forças para o salvo glorificá-lo.

Você, criança, e eu, somos pecadores, mas se você tem Jesus como Salvador pode se lembrar desta verdade: Ele está sempre com você e lhe da forças para glorificá-lo em seu corpo. Deus quer que você o glorifique, cantando-lhe louvores com sua boca

Como tem sido o seu comportamento na Casa de Deus? Eu não posso ver o que vocês fazem na igreja porque sou humano e só posso estar em um único lugar cada vez, mas Deus está em todo o lugar e vê tudo. Deus é quem lhe dá vida e saúde; Ele ficará muito contente com suas BOAS MANEIRAS em Sua casa. Você ama ao Senhor? Quer agrada-lhe? Então repita essas BOAS MANEIRAS só para você e observe como se comporta na igreja. Lembre-se de que Jesus está sempre com você que já O aceitou com salvador, mas se você ainda não O convidou para entrar na sua vida, para perdoar seu pecado, Jesus não é o seu Salvador e você está separado de Deus. (continue o convite para a criança não salva, dando-lhe oportunidade para receber Jesus como Salvador).

Vamos terminar com uma oração.

(Mas volte sempre a este assunto, professor, pois somente com a repetição é que as crianças assimilarão as idéias. Observe o comportamento de seus alunos na Casa De Deus, seja durante a aula ou nos cultos)

**************

Entre nós professores:

Deus nos tem confiado o bem mais valioso; somos mordomos das vidas de nossos alunos. As crianças são inteligentes e capazes de terem um bom comportamento na casa de Deus e em qualquer lugar. O que lhes tem faltado são professores e pais que disponham de tempo e persistência para oriente-las, orar por elas e com elas e gastar tempo para aconselhá-las.

0 comentários:

Postar um comentário

NOS CAMINHOS DE JESUS

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us
Usem Internet Explorer para abrir o blog