Curta Cantinho Especial

Curta Cantinho Especial

Curta Cantinho Especial

15 de fev de 2010

SANSÃO

ERA UMA VEZ ... um homem chamado Sansão. Tinha muitos músculos! Era muito forte e vivia em Israel. Durante muito tempo o povo de Israel sofreu nas mãos dos filisteus. Certa ocasião Deus chamou Sansão para libertar o seu povo.

Sansão tinha uma força muito grande. Certa vez, matou um leão com as próprias mãos como se fosse um cabritinho. Os filisteus tinham muito medo dele e queriam a todo custo descobrir o segredo de sua força.








Os filisteus estavam sempre procurando uma forma para derrotar Sansão. Certa ocasião, quando Sansão estava em Gaza, os filisteus fecharam as portas da cidade para prendê-lo. Ele arrancou as portas da cidade com suas trancas, colocou-as sobre os ombros e levou-as até o alto do monte que dá para Hebrom.

Depois disto Sansão encontrou uma filistéia, chamada Dalila, por quem se apaixonou. Os filisteus aproveitaram este acontecimento para pedir a Dalila que descobrisse o segredo da força de Sansão. Em troca Dalila receberia uma boa recompensa.

Assim aconteceu. Dalila perguntou a Sansão:
-Qual é o segredo de tua força?
Sansão respondeu:
- Se eu for amarrado com sete cordas novas ainda frescas, ficarei fraco.
Então Dalila amarrou Sansão e disse:
-Sansão, os filisteus estão chegando.
Sansão, então, arrebentou as cordas como se fossem fios de estopa.
Dalila voltou a perguntar a Sansão em que consistia o segredo de sua força. Sansão respondeu:
- Se eu for amarrado com cordas novas, com que se não tenha feito obra nenhuma , ficarei fraco.
Sansão, então arrebentou as cordas de seus braços como um fio.
- Se prenderes as sete tranças dos meus cabelos, serei como qualquer outro homem.
Dalila astuciosamente amarrou as tranças de Sansão enquanto ele dormia. Depois disto, Dalila gritou:
-os filisteus estão vindo, Sansão.
Nesse mesmo instante, Sansão acordou e se livrou do tear.
Dalila se entristeceu com Sansão. Ela reclamou: - Como dizes que me amas? Tu vives mentindo para mim. Sansão, por amor, resolveu contar a verdade para Dalila:
- O segredo da minha força está nos meus cabelos. N o dia em que eles forem raspados, eu perderei a minha força.
Mais do que depressa, Dalila fez Sansão dormir e, tendo chamado um homem, mandou raspar as sete tranças da cabeça de Sansão.









Quando Sansão despertou já não tinha mais força. Vieram, então, os filisteus, prenderam-no e cruelmente vazaram-lhe os olhos. Fizeram Sansão trabalhar num moinho na prisão. No entanto, durante o tempo em que esteve preso, seu cabelo voltou a crescer.

Um dia os filisteus se reuniram num templo para uma grande festa. Trouxeram Sansão para se divertir com eles.
Sansão pediu ao moço que o conduzia para que pudesse apalpar as colunas do templo onde havia mais de três mil pessoas. Nesse momento, Sansão clamou a Deus: - Senhor, rogo-lhe para que me conceda, por mais esta vez, toda a minha força. Pois só assim poderei vingar-me de meus inimigos.








Sansão, com muita vontade, abraçou as duas colunas do meio, em que sustinha a casa, e fez força, com a mão direita em uma e a mão esquerda na outra.
E disse: Morra eu e o s filisteus. E inclinou-se com força, e a casa caiu sobre todo o povo que nela estava.






E seus irmãos desceram, e toda a casa de seu pai, pegaram o corpo de Sansão e o sepultaram entre Zorá r Estaol. Esta foi a ultima grande vitória que Deus lhe concedeu.

0 comentários:

Postar um comentário

NOS CAMINHOS DE JESUS

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us
Usem Internet Explorer para abrir o blog